Artesanato com fuxico

O fuxico é um tipo de costura feita com sobras de tecido, por isso tem um custo bem acessível para os artesãos. A técnica forma trouxinhas de panos, que podem ser usadas para compor colchas, capas de sofá, bolsas, detalhes de vestuário, caminhos de mesa e até mesmo bijuterias.

O formato do fuxico é circular e bem característico, por isso pode ser bordado em camisetas para ficar parecido com flores. Basta costurar o fuxico no tecido e formar folhas e caule usando bordado com linha verde.

Unindo duas peças arredondadas de fuxico, não somente pela borda, mas enrolando a linha entre as duas trouxinhas, é possível formar uma borboleta. Outra montagem comum dos círculos cria uma coruja. Com criatividade, há várias possibilidades para este tipo de material.

A palavra fuxico significa fofoca. A técnica de artesanato possui esse nome porque, de acordo com rumores, muitas pessoas se uniam para costurar e aproveitavam a situação para colocar a conversa em dia, fazendo mexericos. Dessa forma, o fuxico como trabalho manual é um resultado das antigas rodas de conversa.

Não é necessário ter conhecimento de costura para aprender fuxico. O artesanato exige domínio básico de agulha e linha, principalmente para fazer o arremate. Primeiramente, é preciso cortar o tecido em formato circular. Depois, as extremidades devem ser franzidas por meio de alinhave. Ao dar a volta no círculo e puxar a linha, é formada uma trouxinha com buraco no meio. Deve ser feita uma costura básica para que o fuxico não fique frouxo nem se solte.

Há pouco tempo, a técnica era mais popular em comunidades rurais, mas recentemente conquistou espaço também na moda e decoração. Portanto, este tipo de artesanato é mais valorizado e apreciado atualmente. Vale a pena conhecer o fuxico para garantir uma renda extra ou criar presentes exclusivos.